<script type="text/javascript">

  var _gaq = _gaq || [];
  _gaq.push(['_setAccount', 'UA-36321726-1']);
  _gaq.push(['_setDomainName', 'comlu.com']);
  _gaq.push(['_setAllowLinker', true]);
  _gaq.push(['_trackPageview']);

  (function() {
    var ga = document.createElement('script'); ga.type = 'text/javascript'; ga.async = true;
    ga.src = ('https:' == document.location.protocol ? 'https://ssl' : 'http://www') + '.google-analytics.com/ga.js';
    var s = document.getElementsByTagName('script')[0]; s.parentNode.insertBefore(ga, s);
  })();

</script>
Pernas Cansadas
As pernas cansadas são o sintoma mais comum de doença venosa, vulgarmente conhecida como má circulação sanguínea das pernas, um problema que afeta um terço da população portuguesa.

Fatores de risco
Estar parado de pé e ficar muito tempo sentado ou ter as pernas cruzadas são fatores que dificultam a circulação de retorno do sangue ao coração. Importa ainda estar atento à temperatura da água do banho e evitar a exposição ao calor, seja qual for a sua origem.
Existem outras causas, nomeadamente a obesidade, a utilização de contracetivos hormonais, a gravidez e a terapêutica hormonal de substituição.

Sintomas a ter em conta
A sensação de pernas cansadas e pesadas é o sintoma mais prevalente na doença venosa, mas existem outros, tais como dor, inchaço dos pés e das pernas, comichão e cãibras noturnas. Mais tarde, surgem os sinais que são os derrames, as denominadas aranhas vasculares ou telangiectasias.

O nosso tratamento inclui:
  • esfoliação;
  • massagem drenante (ou drenagem linfática manual), com óleos de efeito frio e com propriedades drenantes;
  • crioterapia com bandagem.

Experimente este tratamento completo e sinta de imediato o alívio e conforto que as suas pernas merecem!
Google